A inteligência analítica tem tudo a ver com profissões do futuro, já que essa é uma área das mais valorizadas pelo mercado.

E não é por acaso que isso acontece, pois os dados são tratados como “o novo petróleo” para garantir o sucesso de empresas e negócios.

Se você já tem tal noção, talvez entenda o quanto um curso nessa área pode ser um importante começo para uma carreira promissora.

Estamos, sim, falando do seu futuro e também sobre as tendências de mercado e empreendimentos.

Caso você esteja na dúvida a respeito do assunto, é hora de entender tudo em relação à inteligência analítica

Acompanhe o artigo até o final!

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

O que é inteligência analítica?

A inteligência analítica é a verificação detalhada de informações que, por sua vez, se transformam em fundamento para traçar estratégias.

A reunião e interpretação de dados é uma nova aliada de quem está abrindo um negócio ou quer seguir mantendo o crescimento da sua empresa.

Dessa forma, a inteligência analítica é uma resposta a um mundo em que a competição do mercado não está de brincadeira e precisa ser tratada com habilidade.

O que faz o profissional de inteligência analítica?

O cientista de dados trabalha com grandes quantidades de material bruto de informações úteis e gera inteligência para o apoio de tomada de decisões da empresa.

Atuando nessa função, você será o diferencial estratégico do negócio e auxiliará a detectar oportunidades e riscos.

Para que serve a inteligência analítica?

Esse tipo de inteligência serve para descobrir e interpretar padrões revelados pelos dados.

Ela é ainda mais valiosa para melhorar o desempenho de empresas, identificando falhas e forças.

A análise faz basicamente um estudo imparcial sobre o funcionamento do negócio ao combinar fontes de dados de qualidade e conhecimentos tecnológicos de pesquisa e métricas.

História

O uso de dados para inteligência teve início nos anos 1940, quando governos começaram a utilizar os primeiros computadores.

Ainda que já seja uma prática antiga, essa atividade se desenvolveu ao longo dos anos em um conceito um pouco diferente.

Com cada vez mais dados disponíveis, instituições passaram a enxergar oportunidades de lucrar com a interpretação dessas informações e largar na frente dos competidores.

O advento da tecnologia e de novos softwares também contribuiu para essa evolução da área e hoje a consolida como uma aliada em setores como marketing, recursos humanos e de processos operacionais.

Principais contribuições

O contínuo crescimento dos bancos de dados, combinado ao interesse de empreendedores, acabou promovendo ainda mais essa ferramenta e transformando o uso da inteligência analítica.

A maior contribuição que ela promove é suprir o problema da desorganização das empresas, não em sua estrutura, mas em relação ao conhecimento que ela detém e não sabe como usar em seu benefício.

Afinal, de nada adianta ter um banco de dados sem um profissional que saiba interpretá-lo de forma a obter insights.

Por que a inteligência analítica é importante?

A informação é um elemento muito valioso e deve ser usada como uma força determinante para os negócios.

Se você quer que a sua empresa seja competitiva no mercado e tenha o melhor desempenho possível, ela precisa estar em constante desenvolvimento.

Isso pode ser obtido com a inteligência analítica.

Quais são as áreas de atuação da inteligência analítica?

Um profissional dessa área está apto a atuar em diversos setores, desde o segmento de saúde até o de marketing.

Ou seja, onde existe a necessidade do uso da tecnologia da informação e da ciência de dados, o tecnólogo em inteligência analítica pode contribuir.

Conheça algumas possibilidades!

Risco de mercado

A análise de risco de mercado executa pesquisas para determinar a probabilidade de perdas ou ganhos com os recursos investidos.

O trabalho pode envolver outros tipos de riscos, como brechas de segurança virtual e até mesmo falhas de infraestrutura física capazes de ameaçar os lucros da empresa.

Saúde

Despesas com questões de saúde dos colaboradores podem ser um dos maiores gastos em uma empresa.

A leitura de dados é capaz de auxiliar na busca por melhores políticas de planos de saúde e na estruturação das informações médicas.

Marketing

Saber antecipadamente o que os consumidores querem ajuda a promover campanhas de marketing mais eficientes.

Isso diz respeito tanto aos modos de divulgação dos produtos quanto à identificação de nichos.

Processos operacionais

O trabalho também pode ser feito sobre processos internos da empresa a fim de otimizar a eficiência operacional.

Em uma indústria, por exemplo, a análise de informações ajuda a identificar as operações com melhor produção e quais estão mais sujeitas a falhas.

Recursos humanos

Aplicar estratégias no trabalho do setor de recursos humanos de uma empresa pode otimizar a atividade, que é um dos motores de qualquer instituição.

Processos utilizados para atrair e manter talentos, fluxos de pagamento e admissão e demissão podem ser simplificados e aprimorados.

Jurídico

Sabemos que o departamento jurídico de uma empresa frequentemente sofre com um volume muito alto de trabalho.

A inteligência aplicada em processos pode melhorar a produtividade do setor, auxiliando até em uma redução do tempo de tramitação de decisões.

Como é o curso de inteligência analítica?

O objetivo do curso de graduação nessa área é formar profissionais que façam a análise e o processamento do big data, ou seja, de um grande volume de dados.

Isso o tornará apto a planejar e executar estratégias para empresas.

Disciplinas

A grade curricular do curso garante ao aluno conhecimentos teóricos e práticos sobre inteligência artificial, internet das coisas, sistemas computacionais, entre muitos outros.

Algumas das disciplinas são Arquitetura e Organização de Computadores, Algoritmos e Estrutura de Dados, Métodos Quantitativos Estatísticos e Data Mining.

Duração e carga horária

O curso tecnólogo tem duração de três anos, somando 2.400 horas de aula.

Quem deve fazer faculdade de inteligência analítica?

Se você procura uma profissão que será fundamental no futuro e está ligada às transformações do mercado, esse pode ser o curso ideal.

Vamos conhecer algumas das características desejadas?

Para quem é indicado?

O curso é indicado para quem tem aptidão pelas ciências exatas.

Se o seu forte sempre foi lidar com matemática, raciocínio lógico, algoritmos e soluções de problemas, você deve se dar bem.

O interesse por inteligência artificial, softwares e programação também é muito bem-vindo, já que são elementos que estarão presentes no seu dia a dia.

Qual é o perfil do profissional?

A pessoa precisa ter um pensamento crítico sobre oportunidades e visão de futuro. Gostar de desafios e de competitividade também ajuda.

Outra característica importante é o interesse por tecnologias e estar de olho nas novidades.

O cientista de dados deve também ter habilidades pessoais, como a de comunicação, já que seu trabalho de inteligência terá que ser transmitido de forma eficiente.

Quanto ganha um profissional da área?

Um cientista de dados figura entre as primeiras posições de melhores empregos nos Estados Unidos, segundo o site norte-americano Glassdoor.

Mas quanto recebe esse profissional por aqui? É o que mostramos a seguir.

Profissional júnior

Considerando profissionais atuantes em empresas de pequeno e grande porte, alguém com poucos anos de experiência no mercado recebe de R$ 3 mil a R$ 5 mil mensais.

Profissional pleno e sênior

Já um profissional com pelo menos seis anos de experiência recebe em média de R$ 3.700,00 a R$ 6.300,00.

Alguém com mais de nove anos no mercado ganha um salário de R$ 4.700,00 a R$ 7.900,00.

Quais são as soluções e ferramentas de inteligência analítica?

Um cientista de dados pode contribuir para uma empresa descobrindo oportunidades e prevendo tendências.

A análise tem essa capacidade de enxergar o cenário e antecipar necessidades.

Algumas das principais ferramentas utilizadas são machine learning, ferramenta SAS, linguagem Python, SQL e R, data mining, infraestrutura de big data (como Hadoop e Spark), Linux e APIs.

Exemplos de empresas mundiais que utilizam a inteligência analítica

Empresas pelo mundo inteiro já fazem uso do big data e da inteligência analítica para garantir um bom desempenho.

Além das grandes plataformas de venda, como Amazon e Walmart, diversas outras utilizam o recurso.

Para citar algumas, temos: Netflix, Starbucks, McDonald's, Spotify e as marcas de roupas The North Face e Burberry.

Projeções para o mercado de trabalho da inteligência analítica

Por se tratar de uma área relativamente nova, as oportunidades de emprego são maiores, já que existe menos pessoas qualificadas no mercado.

No entanto, as vagas devem se expandir ainda mais, assim como as tecnologias do futuro.

Inteligência analítica está entre as profissões do futuro?

No Brasil, a plataforma LinkedIn coloca a carreira de cientista de dados como uma das mais emergentes em 2020.

De acordo com o site CareerCast, especializado em empregos, a profissão foi a melhor no país em 2019 e tem projeção de crescimento de 19%.

Oportunidade em áreas que mais se destacam

Dos segmentos que mais procuram esse profissional estão bancos, setores de tecnologia da informação de instituições públicas e privadas e softwares de computadores.

Indústrias, empresas de pesquisa de mercado e agências de publicidade e marketing também são bons contratantes.

Onde fazer faculdade de inteligência analítica?

Se você pretende investir no seu futuro e na carreira de cientista de dados, considere estudar na UNIFEOB, uma faculdade com mais de 50 anos de experiência em educação.

O curso de Big Data e Inteligência Analítica prepara você para ingressar no mercado com todo conhecimento técnico necessário.

A formação alia ensinamentos teóricos e práticos e é ministrada por um corpo docente de mestres e doutores.

Acesse o site da instituição e saiba mais!

Conclusão

Gostou de entender mais sobre essa área inovadora e tão promissora? 

Você ainda vai ouvir falar muito da importância dos cientistas de dados.

Caso esse seja mesmo seu caminho, procure o melhor ensino à disposição e não tenha receio do mercado de trabalho - ele também está esperando por você!

Leia mais sobre o curso de Big Data e Inteligência Analítica e garanta a sua inscrição.

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se.

Inscreva-se no nosso Blog

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

O que você achou dessa publicação?

Deixe o seu comentário abaixo.

BUY On HUBSPOT