Você conhece os empregos do futuro? Ou, então, tem alguma ideia de quais são as profissões que deixarão de existir daqui a alguns anos?

Bem, esses são fatos curiosos. E ficar por dentro de como será o mercado de trabalho é fundamental para quem busca uma carreira bem-sucedida.

Segundo um estudo da PWC, um terço dos empregos pode desaparecer ou dar lugar a robôs até 2030.

Será que a sua escolha está na lista?

Ou, melhor, será que ela consta entre as profissões mais promissoras?

Para saber, é simples. É só acompanhar a leitura deste texto e todas as suas dicas até o final.

Baixe agora um modelo de currículo de estágio!

A tecnologia e o mercado de trabalho

Não tem como fugir. A tecnologia veio com tudo, está entre nós e pretende ficar.

Mas isso não é algo ruim. Pelo contrário. É uma oportunidade de evolução.

Você há de convir que a digitalização mudou muita coisa nos últimos anos e que facilitou demais as nossas vidas.

Hoje, fazemos uma série de atividades apenas com conexão à internet, o que era inviável há algumas décadas.

Nesse novo contexto, o mercado de trabalho também sofreu forte influência.

Profissões que antes eram indispensáveis, já nem existem mais. E outras, que nem sequer pensávamos, já constam entre as carreiras mais procuradas.

O jeito de lidar com tudo isso é aceitar a nova realidade e se adaptar a ela.

Qual a importância de se manter atualizado e atento ao mercado?

empregos do futuro qual importancia de se manter atualizado atento ao mercado

Quem não estava de olhos bem abertos quando o processo de digitalização se iniciou por aqui, foi derrubado. 

Alguns ainda estão na corda bamba, correndo atrás do prejuízo, e lutando para se manter de pé.

A verdade é que as tendências não podem ser ignoradas. 

O que está em alta e tem grandes chances de acontecer precisa ser considerado sempre.

Assim, é fundamental manter-se  informado sobre o mercado. 

Não só com relação ao setor em que você atua, mas aos comportamentos gerais da sociedade.

Além de ler e pesquisar bastante, recorrer à educação continuada é uma alternativa muito eficaz.

Empregos do futuro: as profissões em alta

empregos do futuro profissoes em alta

Se você está na fase de iniciar a sua carreira profissional ou, então, planeja mudar de área, vale ficar atento às profissões atuais e às que vêm por aí. Muitas delas exigem formação específica, que você encontra em tecnólogos, bacharelados e licenciaturas.

Conheça algumas delas a seguir:

Profissionais de Big Data

Big Data é um termo que está em voga. E, embora não seja tão novo assim, o conceito ganhou mais relevância nos últimos anos.

Isso porque, com o avanço da tecnologia e o mercado cada vez mais competitivo, a análise de grandes volumes de dados tem sido fundamental no processo de tomada de decisões.

Nesse sentido, profissionais especializados em desenvolver esse trabalho estão em alta.

Entre as funções mais comuns na área encontram-se o administrador de banco de dados e o cientista de dados.

Engenheiro com foco em Agronegócio

Engenheiros especializados em produção agrícola e pecuária estão com tudo.

Isso porque o agronegócio é uma área que não pára de crescer. E, quanto mais ela se desenvolve, mais são necessários profissionais para atuar no ramo.

Portanto, se você gosta desse tipo de trabalho e pretende ingressar em uma carreira com futuro promissor, essa é uma excelente oportunidade.

Designer de Inovação

Que negócio não precisa de inovação, não é mesmo? Ainda mais nos dias atuais.

Mas não é qualquer inovação. É preciso que sejam criadas soluções criativas e eficientes.

Esse é o papel do designer de inovação.

Com toda a sua expertise, ele desenvolve produtos e serviços diferenciados.

Tecnologia da Informação

A Tecnologia da Informação é a área com a melhor perspectiva de futuro. 

Afinal, quase tudo hoje em dia envolve ela.

Sendo assim, os profissionais que optam por seguir carreira no mercado de TI têm boas chances.

Para atuar no segmento, é preciso conhecer sobre processamento de dados, softwares e hardwares.

Também é fundamental manter-se atualizado sobre as tendências de tecnologia.

Gestor de Resíduos

O descarte adequado de lixo, a reciclagem dos materiais e o tratamento de recursos naturais, como a água, fazem parte do trabalho do gestor de resíduos.

Além de exercer um papel fundamental na preservação do meio ambiente, ele ajuda as empresas a minimizarem os impactos da sua produção e a otimizarem os processos.

É a carreira ideal para quem tem como propósito a luta pela sustentabilidade e, ao mesmo tempo, o desejo de exercer tarefas gerenciais e administrativas.

Médico

O médico é uma figura muito antiga, mas, ainda assim, não pode deixar de constar na lista de empregos do futuro.

Isso porque a atuação dele é atemporal e indispensável.

O que acontece atualmente é uma mudança na forma como o trabalho é feito.

Hoje, existem diversas tecnologias para apoiar o diagnóstico e o tratamento de pacientes.

Além disso, há meios diferentes para a realização de atendimentos, como a telemedicina.

Marketing

O marketing é mais uma das carreiras que vêm evoluindo ao longo do tempo.

A nova fase, chamada de Marketing 4.0, é o exemplo de que a atividade sempre acompanha as mudanças da sociedade.

O marketing digital, por exemplo, tem transformado o jeito das marcas se relacionarem com seus públicos.

E esse é o futuro da profissão.

Professor

Outra carreira que não pode ficar de fora é a de professor.

Afinal, sempre haverá a necessidade de profissionais especializados em transmitir conhecimentos e desenvolver as habilidades de seus alunos.

Assim como o médico, o professor tem tido alterações na sua forma de trabalho.

O ensino a distância, por exemplo, é uma modalidade de educação que cresce a cada ano, e os docentes precisam acompanhar a tendência.

Profissional de Logística

O Brasil sofreu muitos anos com a deficiência logística. Mas, de um tempo para cá, o setor tem eliminado os gargalos e conseguido se desenvolver.

Esse cenário, portanto, é muito fértil para quem pretende seguir carreira nesse mercado.

Os motoristas, inclusive, entram na relação de profissões relacionados à logística e que estão em alta.

Biotecnólogo

A biotecnologia é uma área nova que está em ascensão.

Ela utiliza sistemas biológicos e organismos vivos, com aplicação tecnológica, para produzir ou alterar produtos e processos. 

Com isso, há a possibilidade de melhorar a qualidade dos alimentos e encontrar tratamentos mais eficazes para as doenças, por exemplo.

Quais serão os empregos mais bem pagos no futuro?

empregos do futuro quais serao mais bem pagos no futuro

Certamente, as profissões mais bem pagas do futuro terão relação com as carreiras mais promissoras das quais já mencionamos.

Mas vale dizer ainda que os empregos com melhor remuneração hoje em dia também podem figurar na lista dos mais bem pagos nos próximos anos.

Segundo um estudo do FGV Social, que é o Centro de Políticas Sociais da Fundação Getúlio Vargas, as dez profissões com salários mais altos no Brasil são:

  1. Titular de cartório: R$ 107.600 mensais
  2. Membro do Ministério Público: R$ 53.200 mensais
  3. Membro do Poder Judiciário: R$ 52.800 mensais
  4. Diplomata: R$ 35.300 mensais
  5. Advogado do setor público: R$ 29.900 mensais
  6. Médico: R$ 29.700 mensais
  7. Servidor de carreira do Banco Central: R$ 27.500 mensais
  8. Auditor fiscal: R$ 27.100 mensais
  9. Piloto: R$ 24.900 mensais
  10. Atleta: R$ 24 mil mensais.

[BÔNUS]: Profissões em alta em 2022

O Guia Salarial da Robert Half também trouxe uma lista de profissões em alta em 2022. Elas foram separadas em 7 grandes áreas, que abrangem organizações de pequeno, médio e grande porte (P, M e G). A média salarial de cada cargo varia conforme a experiência profissional.

As profissões em alta em 2022 são:

1. Tecnologia

Desenvolvedor front-end sênior

  • Empresas P, M e G: salários de R$ 11,5 mil a R$ 19,3 mil

Coordenador de segurança da informação

  • Empresas P, M e G: salários de R$ 14,7 mil a R$ 20,2 mil

Analista de testes sênior

  • Empresas P, M e G: salários de R$ 8,3 mil a R$ 13,9 mil
Habilidades mais procuradas
  • Conhecimentos aprofundados em cibersegurança, ciência de dados, programação, inteligência artificial e robótica.
  • Ter os certificados CISSP (Certified Information Security Systems Professional), OSCP (Offensive Security Professional) e CEH (Certified Ethical Hacker).

Setores que mais contratam

  • Tecnologia
  • Varejo
  • Logística
  • Mercado financeiro
  • Startups

2. Mercado financeiro

Analista de equity research

  • Empresas P, M e G: salários de R$ 14,5 mil a R$ 22,2 mil

Analista de fusões e aquisições

  • Empresas P, M e G: salários de R$ 12,2 mil a R$ 18,7 mil

Analista de compliance

  • Empresas P, M e G: salários de R$ 11,3 mil a R$ 17,3 mil
Habilidades mais procuradas
  • Experiência em equity research, compliance e M&A.
  • Certificações como CNPI (Certificação Nacional do Profissional de Investimento), CPA (Certificação Profissional ANBIMA) e CIIA (Certificado Internacional de Analista de Investimentos).
  • Perfil analítico e curioso, que goste de estudar e pesquisar.
Setores que mais contratam
  • Fundos de private equity
  • Bancos de investimentos
  • Fintechs
  • Assets
  • Meios de pagamento

3. Finanças e contabilidade

Analista de M&A, RI e tesouraria estruturada

  • Empresas P e M: salários de R$ 6 mil a R$ 7,9 mil
  • Empresas G: salários de R$ 6,9 mil a R$ 9,4 mil

Controller

  • Empresas P e M: salários de R$ 15,1 mil a R$ 22,7 mil
  • Empresas G: salários de R$ 22,8 mil a R$ 35,1 mil

Coordenador de planejamento

  • Empresas P e M: salários de R$ 9,3 mil a R$ 14,2 mil
  • Empresas G: salários de R$ 12,6 mil a R$ 18,4 mil
Habilidades mais procuradas
  • Conhecimento avançado de Excel
  • Modelagem financeira
  • Ferramentas de business intelligence
  • Sistemas integrados de gestão empresarial (ERP)
  • Capacidade analítica e visão estratégica
Setores que mais contratam
  • E-commerce
  • Logística
  • Farmacêutica e healthcare
  • Tecnologia
  • Agronegócio
  • Infraestrutura
  • Bens de consumo

4. Vendas e marketing

Analista de marketing digital

  • Empresas P e M: salários de R$ 4,1 mil a R$ 7,4 mil
  • Empresas G: salários de R$ 6,2 mil a R$ 11 mil

Gerente de customer relationship

  • Empresas P e M: salários de R$ 3,1 mil a R$ 5,6 mil
  • Empresas G: salários de R$ 4,8 mil a R$ 8,6 mil

Gerente de e-commerce

  • Empresas P e M: salários de R$ 9,7 mil a R$ 17,2 mil
  • Empresas G: salários de R$ 13,8 mil a R$ 24,6 mil
Habilidades mais procuradas
  • Análise de dados
  • Marketing digital
Setores que mais contratam
  • Bens de consumo
  • Varejo
  • Tecnologia
  • Startups
  • Educação
  • Healthcare
  • Mídia e publicidade
  • Agronegócio

5. Engenharia

Gerente de supply chain

  • Empresas P e M: salários de R$ 17,1 mil a R$ 27,5 mil
  • Empresas G: salários de R$ 21,7 mil a R$ 34,9 mil

Coordenador de customer service

  • Empresas P e M: salários de R$ 6,2 mil a R$ 10 mil
  • Empresas G: salários de R$ 7,8 mil a R$ 12,5 mil

Engenheiro de aplicação e vendas

  • Empresas P e M: salários de R$ 5,4 mil a R$ 8,8 mil
  • Empresas G: salários de R$ 7,8 mil a R$ 12,5 mil
Habilidades mais procuradas

Especialização em logística.

Setores que mais contratam
  • Saúde
  • Tecnologia
  • Infraestrutura
  • Bens de consumo
  • Logística
  • Mineração

6. Jurídico

Advogado sênior em M&A

  • Empresas P: salários de R$ 10,7 mil a R$ 15,7 mil
  • Escritórios boutique e empresas M: salários de R$ 14,8 mil a R$ 21,7 mil
  • Empresas G: salários de R$ 16,4 mil a R$ 24,1 mil

Advogado sênior consultivo tributário

  • Empresas P: salários de R$ 11,9 mil a R$ 17,5 mil
  • Escritórios boutique e empresas M: salários de R$ 15,6 mil a R$ 22,9 mil
  • Empresas G: salários de R$ 16,5 mil a R$ 24,1 mil

Advogado sênior de contencioso cível

  • Empresas P: salários de R$ 9,8 mil a R$ 14,5 mil
  • Escritórios boutique e empresas M: salários de R$ 11,5 mil a R$ 16,9 mil
  • Empresas G: salários de R$ 12,3 mil a R$ 18 mil
Habilidades mais procuradas
  • Experiência em fusões e aquisições, compliance e reestruturações societárias.
  • Conhecimento da legislação vigente sobre segurança de dados e privacidade do usuário, como a LGPD.
Setores que mais contratam
  • Tecnologia
  • Varejo
  • E-commerce
  • Serviços
  • Bens de consumo
  • Agronegócio

7. Seguros

Analista de inovação digital

  • Empresas P, M e G: salários de R$ 8,3 mil a R$ 12,5 mil

Analista atuarial

  • Empresas P, M e G: salários de R$ 9,8 mil a R$ 11,4 mil

Gerente de produtos

  • Empresas P, M e G: salários de R$ 13,8 mil a R$ 20,7 mil
Habilidades mais procuradas
  • Soft skills como inovação, criatividade e comunicação.
  • Não é exigida graduação em uma área específica.
Setores que mais contratam
  • Operadoras de saúde
  • Corretoras
  • Insurtechs
  • Seguradoras de grandes riscos

Qual a melhor profissão para o futuro para você?

empregos do futuro qual melhor profissao para futuro para voce

Depois de acompanhar todas essas profissões, ficou mais perto de decidir ou ainda mais confuso?

Bem, são tantas opções para escolher entre as carreiras prósperas, não é mesmo?

O segredo para tomar essa decisão é mergulhar no autoconhecimento.

Você já sabe que todos os empregos têm grandes chances de sucesso, mas eles precisam ser compatíveis com o seu perfil e os seus interesses.

Por isso, reflita sobre o que você gosta e quer fazer.

Após isso, faça uma pesquisa minuciosa sobre os cursos necessários e as funções exercidas.

Vale conversar com profissionais que já atuam no segmento escolhido para ajudar nessa escolha.

Como se adaptar à mudança?

empregos do futuro como se adaptar mudanca

Manter-se sempre atualizado é primordial para lidar bem com a mudança.

Além de não ser pego de surpresa, você consegue se reinventar e usar os novos instrumentos a seu favor.

Portanto, crie o hábito de se informar sobre o mercado. 

Vá a eventos, assista palestras e interaja com outros profissionais.

Não deixe ainda de realizar cursos e desenvolver novas habilidades.

Profissões que podem se tornar obsoletas

empregos do futuro profissoes que podem se tornar obsoletas

Você se lembra de quando existiam telefonistas?

Antes, éramos obrigados a ligar para uma central para que a nossa chamada fosse transferida ao número de destino.

Hoje, isso parece surreal. Mas as telefonistas, na época, eram profissionais extremamente importantes.

Assim como elas, que desaparecem ao longo do tempo com o avanço da tecnologia, outras funções também correm o risco de sumir do mapa. Ou, então, de serem assumidas por robôs.

Segundo reportagem publicada pelo portal Exame, pilotos de avião, anestesistas, analistas financeiros e assistentes jurídicos estão entre os cargos que deixarão de existir até 2030.

Onde estudar para garantir os empregos do futuro?

Agora que você já sabe quais são os empregos do futuro, é hora de buscar conhecimento na área e se especializar.

Na UNIFEOB, você encontra uma série de cursos EAD para se qualificar e conquistar o sucesso que tanto almeja. 

Além de estudar com nota máxima do MEC (Ministério da Educação), você tem aulas com professores titulados especialistas, mestres e doutores.

Acesse o site e confira todas as formações disponíveis.

Conclusão

Então, o que achou dos empregos do futuro? Era o que você imaginava?

Guarde bem os nomes de todas essas carreiras e espere só para ver como as profissões se sairão nos próximos anos.

Gostou do artigo? Escreva a sua opinião nos comentários e compartilhe o conteúdo em suas redes sociais.

E não se esqueça de visitar nossa página de cursos para encontrar a sua próxima formação!

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

Inscreva-se no nosso Blog

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

O que você achou dessa publicação?

Deixe o seu comentário abaixo.

BUY On HUBSPOT