Criatividade, inovação, liderança, empenho, autogestão e perseverança são algumas palavras que nos ajudam a entender o que é empreendedorismo.

Possuir boa parte dessas características pode credenciar você à profissão do momento, também apontada como à do futuro, ainda que tenha sido inventada há séculos.

Conheça, a partir de agora, um pouco melhor sobre o que é ser um empreendedor: o que ele faz, a história e as contribuições da atividade, suas áreas de atuação, formação e muito mais!

Boa leitura.

New call-to-action

O que é empreendedorismo?

Empreendedorismo é a capacidade que alguém tem de implementar novas ideias em um negócio já existente ou a partir do zero.

Ou seja, tem a ver com administrar projetos e serviços, sempre levando em conta pilares como inovação, oportunidade e resiliência.

O que um empreendedor faz?

Um empreendedor cria soluções.

Ele tem a percepção de identificar um problema e trabalhar em meios para resolver aquela situação pontual.

Essa saída pode ser um produto, um projeto, um negócio ou mesmo um movimento que, de alguma forma, provoque mudanças e reflexões.

Muitos de nós temos sonhos, ideias, mas que se não saírem do papel jamais vão ser efetivas.

A diferença entre os empreendedores e os sonhadores é que os primeiros saem das suas zonas de conforto e, realmente, tentam fazer a diferença.

Qual é a importância do empreendedorismo para a sociedade?

Ainda que o empreendedorismo seja a profissão do momento e também a do futuro, ela existe há muitos anos, antes mesmo de ser denominada desse jeito.

História

É quase impossível precisar a origem do empreendedorismo, especialmente se formos considerar o sentido mais amplo da palavra.

São exemplos de atitudes empreendedoras precursoras:

  • A invenção da roda
  • As trocas comerciais, conhecidas como escambo, praticadas na antiguidade para complementar os seus cultivos
  • A posterior criação das moedas como ferramentas das transações monetárias
  • As grandes construções feitas pelas civilizações mais antigas.

Onde surgiu?

Agora, se formos restringir um pouco o termo para como conhecemos hoje, podemos dizer que o empreendedorismo nasceu no século XVII, na Inglaterra, durante a Primeira Revolução Industrial.

Tudo começou com o estabelecimento de acordos entre a burguesia e o Estado e a criação de máquinas que mudaram para sempre o sistema produtivo da época.

No Brasil, no entanto, o empreendedorismo demorou um pouco mais a chegar.

O século XIX foi um momento chave e que teve o Barão de Mauá como um dos seus principais pilares.

Afinal, foi ele o responsável pela importação de produtos que contribuíram para a industrialização nacional.

Se o surgimento, em si, do empreendedorismo é difícil de precisar, o mesmo não se pode dizer da definição do termo, que se deu em 1945 pelo economista Joseph Schumpeter

Principais contribuições

Ao longo dos anos, o empreendedorismo trouxe diversas contribuições para a sociedade.

A seguir, listamos algumas das principais soluções criadas por mentes brilhantes:

  • Sistema de esgotos
  • Computador
  • Avião
  • Relógio
  • Telescópio
  • Telefone
  • Cartão de crédito
  • Internet.

Você conseguiria imaginar a sua vida sem alguma dessas invenções?

Como funciona o empreendedorismo?

Toda atitude empreendedora nasce de uma grande ideia, mas o transformador é o que acontece depois dela.

Portanto, o empreendedorismo funciona por meio do sistema produzir, administrar, empreender e integrar (Paei):

  • Produzir: entregar as soluções que o negócio se propõe
  • Administrar: definir rotinas e programar dinâmicas e atividades
  • Empreender: analisar oportunidades e realizar projeções
  • Integrar: combinar as demais funções para potencializar os resultados.

Em quais áreas um empreendedor pode atuar?

Assim como acontece com muitas profissões, um empreendedor pode atuar em diversas áreas, como as destacadas abaixo.

Empreendedorismo nas empresas

Se refere tanto àquele profissional que ambiciona abrir o seu próprio negócio quanto ao colaborador que, dentro de uma empresa, tem ideias e contribuições efetivas.

Esse último também é chamado de intraempreendedor.

Empreendedorismo social

Tem como principal objetivo o desenvolvimento de uma comunidade ou de uma parcela específica da população.

É a ideia de mudar o mundo e torná-lo um lugar mais justo de se viver.

Empreendedorismo digital

Empreender é também trabalhar pela internet, com foco nas soluções digitais.

Lojas de e-commerce, e-books, cursos online e faculdades de ensino a distância são alguns exemplos de produtos que a área oferece.

Empreendedorismo em série

Como o próprio nome já sugere, esse tipo de empreendedor é aquele que desenvolve projetos um atrás do outro e, às vezes, de forma concomitante, em série.

Grandes exemplos de pessoas empreendedoras

Se você busca seguir a carreira de empreendedor, nada melhor que ter algumas referências nacionais e internacionais para se inspirar:

4 dicas para se tornar um empreendedor

Junto a essas personalidades que podem servir de inspiração, confira as quatro dicas que separamos para você se tornar um empreendedor de sucesso.

1. Defina o segmento que quer atuar

Empreender também significa planejar a sua carreira.

Muita gente acredita que, por se tratar de uma profissão que tem como regra a inovação, a intuição é que deve orientar as decisões, mas não é assim que funciona.

Você precisa ter um plano de negócios que inicia pela área de atuação que pretende trabalhar.

2. Diferencie-se da concorrência

Se for para propor uma solução que já está saturada, talvez, nem vai valer a pena investir nessa profissão.

Afinal, o que não faltam são empresas que entregam mais do mesmo.

Por isso, o seu negócio precisa ter um diferencial, que faça ele se destacar perante os demais do segmento.

3. Determine como se posicionar no mercado

O posicionamento de mercado é como a sua empresa será vista pelos seus concorrentes e, principalmente, pelos consumidores.

Para ocupar um lugar de destaque, como líder de um nicho, você deve atentar ao comportamento do seu público-alvo e investir em estratégias de marketing e branding.

4. Atende às inovações do mercado

Cada vez mais, os mercados passam por atualizações e melhorias.

Não seguir essas tendências é ficar parado no tempo e perder espaço para os concorrentes.

Existe curso de empreendedorismo? Como funciona?

Mais do que dicas e inspirações, você vai precisar de capacitação para se tornar um empreendedor de sucesso.

Diversos cursos específicos e outros relacionados podem oferecer as ferramentas necessárias. 

Acompanhe!

Disciplinas

Um curso de empreendedorismo ou similar oferece as seguintes disciplinas:

  • Liderança
  • Marketing
  • Modelo de Negócios
  • Matemática Financeira Básica
  • Gestão de Empresa
  • Gestão de Projetos
  • Gestão de Riscos.

Duração e carga horária

O curso de empreendedorismo é de nível superior e oferece o título de tecnólogo.

Sua duração é de, no máximo, dois anos e sua carga horária varia de instituição para instituição.

Quem deve fazer faculdade de empreendedorismo?

Se você está em dúvida entre cursar ou não empreendedorismo, estas duas perguntas podem ajudar na sua decisão.

Para quem é indicado?

O curso é indicado para aqueles profissionais que já têm um negócio próprio, pretendem abrir um ou são funcionários de uma empresa e desejam aumentar sua visão dentro do mercado de trabalho, abrindo seu leque de possibilidades.

Qual é o perfil do profissional?

O profissional que deseja seguir a carreira de empreendedor precisa ser ou estar aberto a desenvolver:

  • Liderança
  • Autonomia
  • Criatividade
  • Visão estratégica
  • Iniciativa
  • Perseverança
  • Senso de oportunidade.

Quanto ganha um profissional de empreendedorismo?

Essa é uma pergunta de difícil prognóstico, pois o retorno financeiro que a carreira de empreendedor pode dar depende de uma série de fatores.

Entre eles, o nicho do mercado do negócio, a posição frente aos concorrentes, o grau de inovação, entre outros. 

Expectativas de crescimento do empreendedorismo

Lembra quando falamos que o empreendedorismo é a profissão do presente e do futuro?

No Brasil, um relatório da Global Entrepreneurship Research Association (GERA) de 2019 deixa bem claro o porquê.

De acordo com o levantamento, existem, no país, 53,5 milhões de profissionais envolvidos com alguma atividade empreendedora.

No comparativo com outras nações emergentes, como as que compõem o BRICS, por exemplo, o Brasil lidera o ranking com folga.

Por que o empreendedorismo cresce no Brasil?

Boa parte do sucesso da profissão no país se deve ao elevado índice de desemprego e à baixa oferta de trabalho.

Sendo assim, os brasileiros acabam tendo que recorrer a outras formas de ganhar dinheiro e a abertura de micro e pequenas empresas viram uma realidade.

Empreender está entre as profissões do futuro?

Mais do que uma das profissões do futuro, a habilidade de empreender está entre as competências mais relevantes para se aprender na busca de um mundo melhor.

O senso de empreendedorismo foi apontado pela Economist Intelligence Unit como a segunda habilidade mais importante, atrás apenas da liderança.

Onde fazer curso de empreendedorismo?

Na hora de escolher o curso de empreendedorismo ideal, leve em conta a reputação da instituição de ensino em questão, o direcionamento, o conteúdo programático, o quadro docente, a metodologia e a grade curricular.

Considere também buscar informações complementares, como a graduação em Administração EAD da UNIFEOB.

O curso pode servir de base para abertura do seu próprio negócio com noções avançadas de gestão estratégica, finanças, economia, contabilidade, comportamento do consumidor, sustentabilidade, posicionamento de marca e muito mais.

Conclusão

Está em busca da capacitação profissional ideal? Venha para UNIFEOB!

Temos 18 cursos EAD e semipresenciais que aliam a qualidade e a praticidade do ensino a distância que só uma instituição com mais de 50 anos de experiência no mercado pode oferecer.

Acesse nosso site e saiba mais!

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

Inscreva-se no nosso Blog

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

O que você achou dessa publicação?

Deixe o seu comentário abaixo.

BUY On HUBSPOT